Polícia civil e Elektro combatem o furto de energia em Pirassununga

12/02/2019 16:49 hs

Nesta quinta-feira (07), equipes da Polícia Civil e funcionários da Elektro realizaram uma operação de combate ao furto de energia em Pirassununga. Foram identificadas duas irregularidades em residências fiscalizadas nos bairros Residencial Rio Verde e Jardim Santa Rita. Uma pessoa foi presa em flagrante. 

Além das inspeções em campo, as equipes trabalharam com o cruzamento de dados de consumo e inteligência analítica que permitiram identificar as fraudes. “A Elektro está prestando todo auxilio à Polícia Civil para a realização das operações”, afirma Talles Silva, Supervisor de Recuperação de Energia da Elektro.

Em 2018, a concessionária identificou 50 casos em Pirassununga. A energia recuperada, 2.3 milhões de KWh (quilowatt hora),  é suficiente para abastecer o município de Tambaú, durante 11 dias.

As perdas contribuem para tornar a conta de luz mais cara para todos os consumidores. O valor da energia furtada e os custos para identificar e coibir as irregularidades são levados em consideração pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para estabelecer o quanto a energia custa para cada área de concessão.
Além do impacto na conta de luz, os furtos e fraudes de energia pioram a qualidade do serviço prestado, prejudicando todos os consumidores. As ligações clandestinas sobrecarregam as redes elétricas, deixando o sistema de distribuição mais suscetível a interrupções no fornecimento de energia.