Bandeira amarela em julho: Elektro reforça dicas de economia

01/07/2019 19:31 hs

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou a adoção da bandeira tarifária amarela para o mês de julho. Isso significa que, durante o mês, a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos será cobrado adicional de R$ 1,50. O acréscimo nas contas de luz sinaliza expectativa de um clima mais seco e uma menor geração hídrica, que levaram à mudança de patamar. Julho é um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios. Esse cenário requer o aumento da geração termelétrica, o que influenciou o aumento do preço da energia (PLD) e dos custos relacionados ao risco hidrológico (GSF) em patamares condizentes com o da Bandeira Amarela. O PLD e o GSF são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada.

Com o anúncio da bandeira amarela é necessário intensificar as ações relacionadas ao uso consciente e ao combate ao desperdício de energia.

Confira algumas dicas da Elektro:


• Prefira sempre a iluminação natural e substitua as lâmpadas incandescentes por LED ;
• Priorize máquinas de lavar louça e roupa apenas quando estiverem cheias;
• Se possível, use chuveiro elétrico na posição verão ou morno e evite banhos demorados;
• Junte roupas para passar de uma só vez.