Projetos

O principal objetivo é promover a utilização racional da energia elétrica e o combate ao desperdício e contribuir na ampliação da consciência da sociedade sobre o tema, subsidiando o desenvolvimento econômico e social da área em que se atua.

Confira abaixo nossos projetos

O Concurso Árvore Solar tem como objetivo difundir a energia solar como meio de geração de energia elétrica limpa. Além disso, visa despertar o interesse de estudantes e professores na criação de novas soluções em geração solar fotovoltaica. 

Para acessar o Edital do Concurso e obter mais informações, clique aqui.

(Edital atualizado em 03/08/2018. Clique aqui para acessar).

 

A Elektro Redes S.A, atendendo a Chamada nº2/2015 da ANEEL, referente ao Projeto Prioritário de Eficiência Energética: “Incentivo à substituição de motores elétricos: promovendo a eficiência energética no segmento de força motriz”, objeto deste Edital, comunica aos seus clientes e sociedade em geral, a abertura da Chamada Publica para receber propostas de projetos de troca de motores elétricos antigos por modelos novos. Poderão participar clientes que contemplem unidades consumidoras atendidas na área de concessão da Elektro.

Projetos devem ser entregues via SEDEX ou no Protocolo Geral da ELEKTRO.

Documentos
Edital de Chamada Pública - Motores 2018

Planilha Calculo RCB - Bonus para Motores Eficientes

Um projeto de caráter transformador que proporciona, por meio do ensino do consumo consciente e seguro de energia elétrica, a educação para crianças e professores. Com o Elektro nas Escolas criamos multiplicadores sobre o tema, garantindo assim a perenidade das informações e hábitos adquiridos no período do projeto.

O projeto atua na educação do público infantil – alunos de 1ª a 4ª série do Ensino Fundamental – e capacitação de professores da rede pública em municípios da área de concessão da Empresa.  Para isso, as escolas recebem a visita de Estações Móveis de Ensino (caminhões adaptados e equipados com um laboratório de eficiência energética) e de monitores que desenvolvem atividades lúdicas com os estudantes. As ações incluem experimentos, demonstração de hábitos de consumo consciente de energia elétrica e apresentação da trajetória da eletricidade desde a geração até a chegada às residências. As instituições de ensino participantes também recebem material didático e tem a disposição um portal educacional mantido pela Elektro para o intercâmbio de informações e fonte de pesquisas escolares.

Confira mais no hotsite do projeto, aqui.

Por meio do projeto Energia Comunitária, visamos levar qualidade de vida aos clientes, investindo em ações sustentáveis nas comunidades baixa renda dos 228 municípios atendidos pela empresa. Proporcionamos um conjunto de ações que reflete aquilo em que a Elektro mais acredita: desenvolvimento social por meio de tecnologias eficientes e seguras, conscientizando a população para o uso racional de energia.  Dessa forma, auxiliamos não só a redução no valor das contas de energia dos clientes, mas também na preservação ambiental e promoção de um ambiente mais saudável a todos.


Com início em 2006, já auxiliamos mais de 40 mil famílias com reformas de instalações elétricas e padrões, substituição de refrigeradores e lâmpadas por modelos mais eficientes, instalação de aquecedores solares, entre outras.


A seleção dos participantes considera aspectos socioeconômicos, como o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e a Tarifa Social de Energia Elétrica – e o atendimento a Lei no 12.212/2010, segundo a qual 60% dos recursos de eficiência energética devem ser destinados a clientes de baixa renda com cadastro no Numero de Identificação Social (NIS).

Em linha com nosso pilar Eficiência no Uso dos Recursos da estratégia de Sustentabilidade, o projeto  capacita Gestores da Administração Pública Municipal para o uso racional e eficiente da energia elétrica, além de criar Unidades de Gestão Energética Municipais e instalação de software para gerenciamento de contas de energia elétrica das cidades.
Para isso, é realizado um mapeamento em nossa área de concessão, cidades e estruturas públicas com consumo de energia elétrica elevados, de forma a investir nos pontos críticos e educar para o uso eficiente de recursos, minimizando os desperdícios gerados por processos e equipamentos ineficientes.

GEI

O segmento industrial é muito expressivo quanto ao consumo de energia elétrica, sendo responsável pelo consumo de 40% da energia no Brasil. Nesse contexto, investimos nesse segmento por meio do projeto Gestão Energética Industrial, que capacita gestores industriais incentivando-os quanto ao uso racional, eficiente e seguro de energia elétrica.


Em parceria com o SENAI, realizamos cursos de formação a distância para profissionais do setor industrial, para que possam identificar e incentivar o uso racional da energia elétrica. A capacitação traz orientações para aquisição de equipamentos mais eficientes, montagem de projetos de redução do consumo com viabilidade econômica, apresenta a ISO 50.001, que estabelece normas regionais e nacionais de gestão de energia.

O projeto alia os pilares de Eficiência no Uso dos Recursos e Gestão Humana e Sustentável ao capacitar representantes de escolas, hospitais, asilos, creches e prefeituras sobre o uso eficiente de energia elétrica, mais especificamente dos sistemas de iluminação interna. A diminuição média do consumo nos prédios é de 15%, favorecendo aos beneficiados na redução de custos com energia, além de indiretamente reduzirmos o impacto ambiental causado pela geração da mesma. O projeto também visa estreitar o relacionamento da Elektro com o poder público.

A Elektro oferece uma linha de crédito subsidiada para financiamento da redução de consumo de energia na indústria, visando a eliminação dos pontos críticos de perdas de energia e a identificação das principais alterações no processo produtivo que possibilitem uma melhoria da produção. O recurso é devolvido para a Elektro apenas com a correção monetária, em parcelas mensais conforme a economia de energia, em até 5 anos.


Grandes projetos já foram desenvolvidos junto a grandes consumidores de energia dos segmentos de alimentos, papel e celulose, química, metalurgia e usinagem buscando a inovação e a originalidade. São soluções realizadas com o uso de acionamentos de velocidade variável, motores de alto rendimento, sistemas de bombeamento, sistemas de refrigeração eficientes, aquecimento solar, sistemas de ar comprimido eficientes, sistemas de supervisão dedicado do uso da eletricidade com controle da demanda, fator de potência e setorização de unidades.


A economia no consumo dessas indústrias tem beneficiado os processos produtivos e contribuindo para a maior competitividade das indústrias beneficiadas.

Fruto de articulações com a Secretaria de Energia do Estado de São Paulo e o Centro Paula Souza, que administra as Escolas Técnicas (Etecs), o projeto consiste na montagem de material didático e preparação de professores que darão cursos de eficiência energética nas Etecs do Estado de São Paulo. A disciplina passou a fazer parte da grade curricular de cursos como Eletrônica e Eletrotécnica para formar profissionais de nível técnico e tecnológico com visão sustentável, que inclui a importância do menor consumo de energia elétrica nas indústrias de pequeno e médio portes. Além disso, em 2013 a Elektro instalou seis laboratórios de eficiência para o desenvolvimento de atividades práticas em diferentes Etecs, nas cidades de Araras, Tatuí, Limeira, Ilha Solteira, Rio Claro e Mogi Mirim. Contribuiu ainda com o desenvolvimento da grade de um curso de pós-graduação em Gestão de Energia nas escolas técnicas.


Pela importância da iniciativa, o Centro Paula Souza está promovendo articulações com as demais distribuidoras do Estado para que novos laboratórios de eficiência energética sejam instalados nos municípios paulistas. Há discussões para que o projeto englobe demais estados, o que demanda possíveis adaptações e a aprovação do Ministério da Educação (MEC). A Elektro investiu no período R$ 649 mil.